Archive for the 'Fall Season 2012' Category

Desafio Fall Season, Parte 2

Continuando com os posts do Desafio Fall Season (clique aqui para a parte 1), onde comento sobre as séries novas (de que gostei, lógico) e dou minha opinião sempre muito chata a respeito de tudo. Vamos lá pra sessão diária de tortura:

Beauty and the Beast (trailer aqui)

Uma nova versão de uma série do anos 80, da qual nunca ouvi falar, mas só pelo nome já podemos ter uma noção do que é a série. Temos a mocinha bonitinha -que no caso é detetive- e a “fera”, uma mutação genética originada de testes no Afeganistão. A nossa fera vive escondida tentando achar um antídoto para a sua condição e tem um fetiche em salvar pessoas em perigo mortal. É assim que acaba salvando nossa mocinha da morte quando ela era apenas adolescente. Eles se reencontram anos depois e o resto já dá pra imaginar.

Logo que terminei de assistir não tive certeza se havia gostado ou não. O episódio me agradou no geral, mas ficou bem na média: não é uma droga, mas também não é uma maravilha. Acho que seria uma série pra assistir só por diversão, sem levar nada muito a sério. É só ignorar o fato de que a “fera” de fera não tem nada, que fica tudo ok.

Arrow (trailer aqui)

Também conhecida como a série do Arqueiro Verde. E basicamente é isso: a série do Arqueiro Verde, bem estilo Smallvile e etc. Quando vi o trailer, o meu primeiro pensamento foi: “Quem se importa com ele o suficiente pra fazer uma série?” Que me perdoem os amantes do Arqueiro Verde (eles existem?), mas realmente achei que seria uma droga, não sei se porque ele é um herói pelo qual eu nunca me interessei ou por esse poster vergonhoso da série que me fez imaginar muitas cenas de shirtless e uma droga de história.

Agora admito, realmente tem algumas cenas de shirtless que valem a pena, mas mordo minha língua em relação a história. Eu amei esse primeiro episódio e com certeza continuarei assistindo. Me deixou muito curiosa e interessada, bem diferente de algumas séries que eu assisto e fico vendo quanto tempo falta pra acabar o episódio. Na verdade, nem notei os 40 minutos passando e pra mim é assim que tem que ser. É uma daquelas séries que recomendo com (muita!) força. Assistam. Sério.

Elementary (trailer aqui)

Cinco palavras: Sherlock Holmes em Nova York. Sherlock Holmes nos dias atuais, exatamente como na série Sherlock da BBC. E quando você pensa que não pode piorar, saiba que John Watson virou Joan Watson e é uma ex-pantera (aka Lucy Liu). Motivos de sobra para ser bem ruim, não é mesmo? Mas como todas as outras séries desse post, foi surpreendentemente bom. Elementary segue a linha procedural, também conhecida como caso da semana, e mesmo que o caso do primeiro episódio não tenha sido tão genial a nível de Sherlock continuarei assistindo. Gostei do clima e do ritmo da série, e a caracterização do Sherlock consegue ser diferente do que já vi sem perder a essência do personagem. Gostei mesmo, enquanto estiver me divertindo continuarei vendo.

Advertisements

Desafio Fall Season, Parte 1

Finalmente chegamos na tão esperada alta temporada de séries (onde as antigas séries retornam com novas temporadas e as novatas fazem suas estreias), mais conhecida como Fall Season, e como uma boa viciada que eu sou resolvi que esse ano assistiria o piloto de todas as novas séries. Irei postar aqui no blog falando apenas das séries que não odiei completamente, porque sinceramente, não vejo motivo para disseminar o ódio. Sem mais delongas, vamos ao que interessa:

The New Normal (Trailer aqui)

Uma comédia sobre o relacionamento de um casal gay com a moça que eles contratam para ser sua barriga de aluguel. É do Ryan Murphy, mesmo criador de Glee (não gosto, mas todos amam). Já foram exibidos 3 episódios, mas admito que me apaixonei pela série logo no piloto. Tem um nível de fofura imenso e trata de assuntos tão polêmicos e complexos sem deixar de ser engraçada. Não é o tipo de série que você chora de rir assistindo, pois tem boas doses de drama no meio. É uma espécie de dramédia, porém é tão doce e sincera que com certeza vale a pena assistir. Personagens cativantes, plot polêmico e piadas politicamente incorretas. Preciso dizer mais alguma coisa?

 Ben and Kate (Trailer aqui)

Uma comédia sobre uma mãe solteira e seu irmão um tanto excêntrico, que após passar anos longe resolve voltar para ajudar na criação de sua sobrinha. O mesmo caso de The New Normal: level 1.000 de fofura. Desculpa, mas não resisto a séries fofas. Só teve um episódio exibido, que rendeu algumas risadas e muitos momentos de vergonha alheia. Típica série “passatempo”.

Revolution (Trailer aqui)

Já que estamos falando de comédia, por que não falar de Revolution? Er, deixando a minha piada ruim de lado, Revolution se passa 15 anos após um blackout misterioso que fez com que todos os equipamentos eletrônicos e todas as formas de energia do mundo parassem de funcionar de uma hora para outra. A história é focada em um grupo de pessoas que lutam pela sua sobrevivência nesse novo mundo. Ao assistir o piloto eu fui percebendo defeitos que me deixaram um pouco irritada, admito. Uma protagonista tão carismática quanta a Bella Swan, um cenário mal feito e completamente irreal e pra melhorar não me senti nem um pouco conectada a nenhum personagem em especial. Porém dou meu voto de confiança pela história principal que é interessante e pode tomar rumos incríveis se for bem desenvolvida e é claro, porque no geral não gosto de desistir fácil das coisas. Assistirei provavelmente mais uns 3 episódios antes de decidir se continuarei pelo resto da temporada ou não. Recomendo, mas não assistam com expectativas tão altas assim.

Primeiro post de vários do Desafio. Prometo que tentarei postar sobre o assunto o mais esporadicamente possível pra não se tornar algo cansativo e repetitivo. E obrigada se você conseguiu chegar até o fim desse post imenso =)


Mariella

"But Mariella just smiled as she skipped down the road because she knew all the secrets in her world."

@mariellapops

Error: Twitter did not respond. Please wait a few minutes and refresh this page.

bloglovin